http://www.fides.org

News

2013-10-18

ÁSIA/FILIPINAS - Aumentam os danos do terremoto, muitos religiosos camilianos presentes no local

Bohol (Agência Fides) - O forte terremoto que atingiu Bohol e Cebu, nas Filipinas, na terça-feira, 15 de outubro (veja Agência Fides 17/10/2013), cujo epicentro se encontra a cerca de 33 km de Carmen, causou grandes danos em Bohol. Foram destruídas as infraestruturas e desabaram prédios, conventos e paróquias. Segundo informações enviadas à Agência Fides pela Camillian Task Force (CTF), "o número de mortos continua aumentando. As pessoas que foram ajudar procuram chegar aos pacientes de um hospital que desmoronou e aos povoados de montanha onde teme-se que um número não identificado de pessoas tenha ficado preso por causa de um deslizamento de terra. As famílias afetadas até agora são 441.709". Várias igrejas de pedra centenária foram destruídas e grandes áreas estão sem eletricidade. Muitas estradas e pontes foram danificadas, tornando as operações de resgate difíceis. Enquanto as intervenções continuam, espera-se, infelizmente, que o número de mortos aumente", lê-se nas notícias recebidas. Bohol é uma província de onde provêm muitos religiosos e seminaristas camilianos. A cidade de Maribojoc é uma das mais afetadas. Padre Aris Miranda, coordenador da CTF, pertence a esta cidade, bem como Pe. Bryan Rances e Pe.Samuel Quarto, felizmente, eles estão salvos e também souberam que seus respectivos pais estão vivos, mas suas casas foram danificadas. "Irmão Arimbuyutan ainda está preso na área onde se encontrava quando fazia o follow-up de promoção vocacional. Até o momento não há notícias dos pais de Pe. Ruben Mandin pois as linhas telefônicas e as rodovias foram severamente danificadas". Segundo uma atualização enviada à Fides por Pe. Dan Cancino, da Comissão de Saúde da Conferência Episcopal das Filipinas, "nas cidades de Carmen, Maribojoc, Cortes e Loon ainda não têm eletricidade. As últimas três estão isoladas sendo possível chegar até elas somente com barcos por via marítima. Irmão Yking foi a esses lugares para fazer uma primeira avaliação. O primeiros socorros, medicamentos, alimentos e água são transportados de Cebu ou de Manila para Tagbilaran. "A CTF Filipinas está agora fazendo uma avaliação rápida das situações de emergência através da ajuda de ex seminaristas camilianos de Bohol, que estão se movendo por todos os lados das cidades afetadas para coletar dados e informações. A CTF Central lançou um apelo de oração para os sobreviventes a todas as famílias ou comunidades. (AP) (18/10/2013 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network