http://www.fides.org

News

2013-09-17

AMÉRICA/MÉXICO – Aulas durante 7 horas por dia perto de um lixão e entre cachorros abandonados

Pachuca (Agência Fides) – Os alunos da escola primária Ignacio Zaragoza, que se encontra na comunidade de El Huixmi, em Pachuca, Cidade do México, capital do estado de Hidalgo, são obrigados a conviver com animais perigosos e cachorros abandonados. Oito professores, 245 alunos e os funcionários da escola têm contato cotidiano com ma poluição gerada por um lixão localizado a 500 metros de distância. Por esta razão, num comunicado enviado à Agência Fides, a diretora da escola declara que a cada bimestre se registra uma ausência de 10% e todos os dias os estudantes têm fortes dores de cabeça, dores de estômago e náusea. Além disso, dado que a instituição não é cercada, os alunos são obrigados a conviver com dezenas de cães abandonados que vagueiam por ali. A poucos metros se encontra o lixão de Pachuca, onde a cada dia é descarregada 500 toneladas de lixo cujos resíduos geram poluição e alimentam a presença de animais, como ratos. Os alunos frequentam este ambiente sete horas por dia. A escola foi construída há 70 anos e precisa de medidas de segurança para as salas de aula, equipamentos, instrumentos tecnológicos, tais como projetores e computadores, telhas de proteção do pátio e uma nova biblioteca. Cerca de dois anos atrás, foi dado um ônibus velho inutilizável que foi adaptado como uma biblioteca, chamada de Livrolândia. Ali as crianças lêem, fazem os deveres de casa e estudam. Esse pequeno espaço contém cerca de 400 livros que serão consultados diariamente pelas crianças para incentivá-las a ler. Há também duas mesas e 10 cadeiras, seis prateleiras e uma pequena escrivaninha. Apesar destes enormes limites, os professores e alunos estão comprometidos com uma educação decente, mesmo se o nível de preparação permanece baixo. (AP) (17/9/2013 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network