http://www.fides.org

News

2013-09-16

AMÉRICA/ARGENTINA - Proclamado beato um pastor “com o cheiro das ovelhas, pobre entre os pobres”

Cordoba (Agência Fides) – Milhares de católicos participaram no sábado, 14 de setembro, da beatificação do sacerdote argentino José Brochero, morto de lepra em 1914. A celebração da Missa, transmitida pela mídia de todo o país, foi presidida pelo Cardeal Angelo Amato, Prefeito da Congregação das Causas dos Santos, Enviado especial do Papa Francisco, e teve lugar na província de Córdoba, a cerca de 700 km ao norte de Buenos Aires.
Uma multidão estimada em cerca de 150.000 peregrinos participaram da beatificação do "Cura Gaucho", o primeiro Beato do país sul-americano no pontificado do Papa Francisco, celebrada na Sierra de Córdoba, justamente no local onde o novo beato realizou sua missão. “Este pastor com o odor das ovelhas, se fez pobre entre os pobres”, disse o Papa na carta enviada para a ocasião, destacando o trabalho pastoral levado avante sobre uma mula através da Sierra de Córdoba. “Hoje, a Igreja necessita urgentemente de santos, porque são autênticos promotores de bem estar social e de progresso humanizador”, disse na sua homilia o Cardeal Amato. O Papa enviou uma videomensagem, transmitida num telão, em que mostra o seu presente: um campanário para a igreja da cidade, um pequeno vilarejo de oito mil habitantes, com a inscrição "Brochero: um pastor com o cheiro da ovelha".
O “Cura Brochero” levou avante sua missão evangelizadora viajando sempre sobre uma mula naquela região da Argentina, onde nasceu em 1840 e morreu em 1914, vítima de lepra e cego. “Viajava por quilômetros, cavalgando as montanhas, com a sua mula que se chamava ‘Carafeia’, porque não era bonita. Ia até com chuva, era corajoso! No final, este Beato estava cego e leproso, mas cheio de alegria, a alegria do bom Pastor, a alegria do Pastor misericordioso!”, disse ontem o Papa no Angelus na Praça S. Pedro. (CE) (Agência Fides, 16/09/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network