http://www.fides.org

News

2013-09-10

ÁSIA/TERRA SANTA – Peregrinação das relíquias de Dom Bosco. O bispo Shomali: que ele também interceda pela paz

Jerusalém (Agência Fides) – A partir de 10 de setembro até quinta feira 19 de setembro, as relíquias de São João Bosco farão uma longa viagem a numerosos lugares da Terra Santa, antes de voltar para a Itália no final do turismo que desde 20009 anda pelo mundo. Será o Patriarca Latino de Jerusalém, Dom Fouad Twal quem acolheu as relíquias do santo por volta de 18hna Porta de Jaffa. O Patriarca convidou todos os fiéis da diocese para participar do evento de acolhimento que incluirá a oração das vésperas na Co-catedral do Patriarcado latino. Nos próximos dias as relíquias visitarão várias igrejas de Belém, Beit Jala, Nazareth, Haifa, Beit Jemal e Jaffa, para depois retornar a Jerusalém. Em cada lugar, as relíquias serão acompanhadas e serão celebradas liturgias eucarísticas, procissões, vigílias noturnas, momentos de veneração; Na quarta-feira dia 11, as relíquias ao passarem de Jerusalém para Belém passarão pelo check point perto do túmulo de Rachele e farão uma pausa no Baby Caritas Hospital, hospital pediátrico perto do muro de separação construído pelas autoridades israelenses.
No dia seguinte, as relíquias serão levadas em peregrinação até a casa dos salesianos colocada no Vale e Cremisan, adjacente aos terrenos confiscados por Israel para prosseguir na construção do Muro de Separação. Esses bens confiscados e o desastre ambiental provocado no vale do traçado do muro estão no centro de um lugar contencioso legal entre as populações locais palestinas e autoridades israelense. “Dom Bosco”, nota o Bispo William Shomali à Agência Fides, vigário patriarcal do Patriarcado latino de Jerusalém, “no final da sua vida queria realizar uma viagem à Terra santa. Mas não conseguiu realizar seu desejo, por causa das condições de saúde. Agora, chega de maneira diferente, através das suas relíquias e, assim, mantém as suas promessas. Nós justamente neste período precisamos muito dele. Agora que em todo o Oriente Médio – na Terra Santa, no Egito, no Iraque e na Síria, todos países onde trabalham inclusive muitos salesianos filhos de Dom Bosco – se vive uma situação dramática jamais vista, precisamos dele e de todos os santos. A todos, pedimos sua forte intercessão. Mais são fortes, como Dom Bosco, e mais recorremos a eles”. (GV) (Agência Fides 10/9/2013).

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network