http://www.fides.org

News

2013-09-05

AMÉRICA/ESTADOS UNIDOS – Os Bispos: “Aderimos ao apelo do Santo Padre a fim de uma solução pacífica para o conflito na Síria”

Washington (Agência Fides) – Sexta-feira passada, 30 de agosto, numa carta endereçada ao Secretário de Estado americano John Kerry, o Bispo da diocese de Des Moines (Iowa), Dom Richard E. Pates, Presidente da Comissão Episcopal Justiça e Paz, afirmou que “a via do diálogo e da negociação entre todos os grupos da sociedade síria, com o apoio da comunidade internacional, é a única opção que pode conduzir para o fim do conflito”. Para além de pedir negociações e o imediato cessar-fogo, o Bispo exortou a fornecer assistência humanitária de maneira neutra a todas as partes envolvidas e encorajou a edificar na Síria “uma sociedade inclusiva que proteja os direitos de todos os seus cidadãos, inclusive os cristãos e outras minorias”.
O conteúdo da carta enviada ao Secretário de Estado foi divulgado agora através de uma declaração que é assinada, além do próprio Bispo Pates, pelo Cardeal Timothy Dolan, Presidente da Conferência Episcopal dos Estados Unidos: “Estamos angustiados – se lê no documento – com o terrível sofrimento do povo sírio e afirmamos novamente a necessidade do diálogo e da negociação a fim de resolver este conflito que produziu assim tanta devastação. A partir do momento – lê-se ainda – que os nossos líderes nacionais estão avaliando uma ação militar, é particularmente oportuno e urgente que nós, nos Estados Unidos, nos unamos ao apelo do Santo Padre pela oração e o jejum em 7 de setembro por uma pacífica solução do conflito na Síria e pelo fim em todos os lugares de todo conflito violento”.
Na nota enviada à Agência Fides, se destaca que, por esses motivos, a Conferência Episcopal dos Estados Unidos da América pede “a todos os católicos dos Estados Unidos e às pessoas de boa vontade que se unam a nós em testemunhar a esperança que temos nos nossos corações pela paz para o povo sírio. Possam as nossas orações, o jejum e o nosso apoio promover uma pacífica solução para conflito. E possa Maria, Rainha da paz, rezar por nós e pelo povo da Síria”. (CE) (Agência Fides, 05/09/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network