http://www.fides.org

News

2013-09-05

ÁSIA/SÍRIA – A deputada cristã Maria Saadeh: "Deter os ataques. Estamos unidos ao Papa pela paz"

Damasco (Agência Fides) - "Todos os sírios, cristãos e não-cristãos esperam que a oração e o jejum sirvam para acabar com a violência, as violações da dignidade humana, e os ataques militares anunciados. Como cristãos sírios, compartilhamos o coração e o espírito do Papa. Estamos unidos a ele, somos gratos a ele e esperamos que ele possa nos ajudar": foi o que declarou à Agência Fides a greco-católica Maria Saadeh, deputada do Parlamento de Damasco, em vista do dia de oração e jejum em 7 de setembro. "Apreciamos muito o apelo lançado pelo Papa Francisco - explica à Fides – e reiteramos as razões fundamentais para tentar construir a paz na Síria e no Oriente Médio. Durante anos, trabalhamos para construir a harmonia e a paz na sociedade síria. Estamos comprometidos com a paz sustentável. Temos muito a fazer para manter uma convivência pacífica".
Hoje, acrescenta Saadeh, “um futuro de paz na Síria não é somente responsabilidade do país, mas também da comunidade internacional e da Europa. A Santa Sé conhece bem a nossa cultura e pode apoiar os esforços pela paz para deter a violência. Devemos pedir a todos os países que parem com a violência e com a guerra. Pedimos aos Estados Unidos que não promovam uma ação militar, porque é ilegal e todo o mundo reconhece isso”.
Maria Saadeh se unirá ao jejum e à oração anunciados pelo Papa com a comunidade greco-católica de Damasco: “Viveremos o dia pela paz, em 7 de setembro, com muitos outros fiéis, com todos os sírios de várias etnias e religiões”, conclui. (PA) (Agência Fides 5/9/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network