http://www.fides.org

News

2013-09-04

ÁFRICA/LÍBIA - Ameaças contra o fornecimento de água para Trípoli, a população está fazendo estoque

Trípoli (Agência Fides) - O sequestro de Anoud Senussi, filha do ex-chefe de inteligência de Kadafi, Abdullah Senussi, provocou os protestos da tribo Margani, que pertence à família do seqüestrado.
A tribo que vive em Sebha (no sul) ameaçou cortar o fornecimento de água no oeste do país. Alguns dos homens de Margani sabotaram algumas centrais elétricas que fornecem energia para as pompas do Man-Made River, aqueduto gigantesco construído nos tempos de Kadafi que puxa a água dos aquíferos fósseis no deserto e a transporta para centenas de quilômetros até a costa ocidental.
Fontes locais referiram à Fides que em Trípoli o fornecimento de água são no momento regulares, mesmo que a população tenha começado a estocar o precioso elemento, por medo de cortes nas entregas de água. A tribo lançou um ultimato de 72 horas às autoridades para que recuperem a garota sequestrada, caso contrário irão bloquear o fluxo de água de forma permanente.
Os homens da tribo Margani também pararam por algumas horas a circulação na rodovia A7 que liga o norte ao sul da Líbia.
Anoud Senussi foi sequestrada logo após sair da prisão em Trípoli, onde ele tinha ficado presa por 10 meses com a acusação de ter entrado no país com documentos falsos. (L.M.) (Agência Fides 4/9/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network