http://www.fides.org

News

2013-08-30

ÁSIA/SÍRIA – O Arcebispo Matta Roham: “Fácil iniciar ataques aéreos, difícil deter as consequências”

Hassakè (Agência Fides) – “É fácil iniciar ataques aéreos sobre a Síria, mas é difícil acabar com a guerra e com as consequências desses ataques para todo o Oriente Médio”: este é o comentário feito à Agência Fides por Eustathius Matta Roham, Arcebispo metropolitano sírio-ortodoxo de “Jazirah e Eufrates”, preocupado e angustiado com a situação que a nação está vivendo. “Em todos os lugares, na Síria e fora dela, os fiéis estão rezando para afastar a possibilidade de um ataque de países estrangeiros contra a Síria e para que se possa construir a paz em toda a região. Nós todos rezamos para que o Senhor nosso Jesus Cristo ilumine as mentes das pessoas no poder, para que atuem segundo justiça e paz, pelo bem dos seres humanos”.
O Arcebispo informa a Agência Fides sobre a situação do governatorado de Hassake, na Síria oriental, na fronteira com Turquia e Iraque.
“Os vôos no aeroporto civil de Kamichly, assim como em todos os outros aeroportos sírios, estão interditados. Estão parados também os transportes terrestres de Kamichly para todas as outras cidades sírias e para o Líbano. A população, já extremada pelo conflito, teme que a situação se agrave, com novas consequências de fome e de miséria. Outro bispo católico sírio, que pede para ficar anônimo, explica à Agência Fides: “Hoje é impossível imaginar o futuro deste país, que antigamente era uma terra pacífica e abrigava todos os refugiados do Oriente Médio. O fato mais dramático é a ausência de qualquer forma de diálogo nos últimos três anos, enquanto a angústia e o desespero residem neste pequeno povo, inocente e mártir”. “Este conflito – prossegue o bispo – transformou a Síria em um campo de batalha, destruindo o mundo do trabalho, a inocência da infância, a tranquilidade das famílias, além das infraestruturas, escolas, lugares de culto, casas e hospitais”. “É uma cruel tragédia – conclui – uma pequena nação carrega uma cruz tão pesada em silêncio, à imagem do sofrimento de Jesus. Diante deste drama, os olhares silenciosos, as abundantes lágrimas e os corações despedaçados são uma linguagem que vai diretamente ao Coração Imaculado de Maria, aos pés da Cruz”. (PA) (Agência Fides 30/8/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network