http://www.fides.org

News

2013-08-08

AMÉRICA/BRASIL - Missionária morta no Haiti, exemplo de santificação a ser proposto

Brasília (Agência Fides) – O episcopado brasileiro abrirá em 2015 o processo para pedir ao Vaticano a beatificação da missionária e pediatra Zilda Arns, fundadora e coordenadora da Pastoral da Criança, que morreu no terremoto que devastou o Haiti em 2010.
A nota enviada à Fides pela Conferência Episcopal do Brasil recorda que o início do processo será daqui a dois anos, já que o pedido de beatificação e santificação pode ser apresentado somente depois do quinto ano de morte do candidato.
A beatificação de Zilda Arns foi proposta pelo Arcebispo da arquidiocese de Paraíba, Dom Aldo De Cillo Pagotto, que preside o Conselho da Pastoral das Crianças, Comissão criada pela Conferência Episcopal para os cuidados e a assistência às crianças, fundada pela própria missionária e médica em 1983 e que hoje atua em mais de vinte países na América Latina, África e Ásia. O testemunho de vida da missionária gerou uma rede de solidariedade logo após o terremoto no Haiti (veja Fides "A solidariedade da Igreja na América com o Haiti", 14/01/2010).
No último dia 28 de julho, a “Pastoral da Criança”, celebrou seu 30º Congresso Nacional, do qual participaram representantes provenientes de Filipinas, Angola, Guatemala, Panamá, República Dominicana, Peru, Argentina, Colômbia e Paraguai.
(CE) (Agência Fides, 08/08/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network