http://www.fides.org

News

2013-08-07

AMÉRICA/VENEZUELA - "Rezamos pelas vítimas de injustiça e pelos trabalhadores que recebem baixos salários": 200 mil fiéis para a festa do Santo Cristo de La Grita

La Grita (Agência Fides) – Com uma missa solene transmitida pela rede nacional, que contou com a participação de mais de 200 mil fiéis reunidos no Santuário de La Grita, o Bispo da Diocese de San Cristóbal de Venezuela, Dom Mario del Valle Moronta Rodríguez, celebrou em 6 de agosto, a festa do Santo Cristo de La Grita, o santo padroeiro da Venezuela, cuja devoção começou 403 anos atrás.
Durante a homilia, de acordo com a nota enviada à Agência Fides por uma fonte local, Dom Moronta criticou duramente alguns que se dedicam ao contrabando de alimentos e gasolina, especialmente nesta zona de fronteira. La Grita é uma cidade de fronteira da Venezuela próxima à fronteira com a Colômbia. O bispo também denunciou o crime de aborto e usura na sociedade venezuelana.
Junto com Dom Moronta concelebraram a missa o Bispo de Margarita, Dom Jorge Anibal Quintero Chacón, o Bispo emérito de Mérida, Dom Luis Alfonso Márquez, e mais de 30 sacerdotes. Dom Moronta pediu ao Senhor "pelos irmãos atingidos pelas injustiças e pelos trabalhadores que recebem baixos salários. Por aqueles que estão envolvidos no narcotráfico e nas drogas, pelas mulheres que são levadas para a prostituição e por aqueles que são afetados pela violência do seqüestro e assassinato. Por todos eles e por todos aqueles que sofrem, resplandeça o rosto de Cristo sereno".
A celebração do Santo Cristo de La Grita é a festividade popular mais comum na Venezuela. Os mais de 200 mil fiéis presentes na missa, em seguida, participaram da procissão longa cinco quilômetros que percorreu toda a cidade de La Grita e voltou para a praça da Basílica. Uma cópia da imagem do Santo Cristo de La Grita foi levada em procissão para as principais cidades da Venezuela. (CE) (Agência Fides, 07/08/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network