http://www.fides.org

News

2013-07-19

AMÉRICA/BRASIL - JMJ: milhares de jovens descobrem o espírito e o empenho missionário

Itaiupu (Agência Fides) - Acompanhar os jovens participantes da Jornada Mundial da Juventude do Rio de Janeiro a “conhecer e se apaixonar pelo espírito missionário”: este é o objetivo das Pontifícias Obras Missionárias em vários países da América Latina, que, como referido a Fides, participam da JMJ. Em preparação ao evento, nos dias passados milhares de jovens participaram da “Semana Missionária”, organizada pelas igrejas locais que acolheram os jovens de todo o mundo no Brasil. Somente em Belo Horizonte, a "Semana Missionária" foi inaugurada com a participação de 20 mil jovens. Em Petrópolis, a abertura do evento envolveu milhares de jovens e o grupo mais numeroso foi o do Chile. Segundo os dados enviados a Fides pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, entre os inscritos estrangeiros para a “Semana Missionária” estão mais de 30 mil jovens latino-americanos e também de outros continentes, acolhidos em 150 cidades do Brasil. Mesmo que não seja possível fornecer o número certo dos jovens brasileiros participantes desta “Semana Missionária” em preparação à JMJ, se calcula que mais de 50 mil brasileiros participaram do evento.
Entre as experiências propostas, está a visita a comunidades de missionários e a experiências de missão. Entre inciativas relatadas a Fides, em 16 de julho, os jovens da Juventude Missionária (JM), movimento das Pontifícias Obras Missionárias (POM), de Chile, Uruguai, Paraguai, Bolívia e Angola participaram da “Semana Missionária” de São Gonçalo (perto do Rio de Janeiro). E para aprofundar o espírito e o empenho missionário, visitaram a Comunidade de Santos Anjos, que se encontra em Itaiupu, região oceânica de Niterói (RJ) para conhecer a missão e o seu carisma. A comunidade, que obteve o reconhecimento diocesano, é uma nova experiência de vida cristã para famílias e leigos, que vive e ensina o acolhimento como “fundamento ao anúncio de Jesus”. A comunidade foi fundada em 1993 por um engenheiro aposentado, Paulo Diniz e sua esposa, Lívia. Celebrando 20 anos de missão, hoje a comunidade conta cerca de 100 membros em seis cidades da Arquidiocese de Niterói. Os membros da comunidade levam avante um trabalho social assistindo cerca de 100 famílias em dificuldade. “Atuamos em colaboração com as paróquias, mas procuramos chegar onde a paróquia não consegue”, explica Paulo Diniz na nota enviada a Fides pelas POM do Brasil. (CE) (Agência Fides, 19/07/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network