http://www.fides.org

News

2013-07-10

AMÉRICA/EQUADOR – Dom Arellano adverte sobre a nova normativa relativa ao consumo de drogas, o país está dividido

Esmeraldas (Agência Fides) - "Não tinha de ter sido apresentada a nova legislação sobre o uso da drogas, sem lançar uma agressiva campanha de prevenção através da mídia", disse o Administrador Apostólico de Esmeraldas Dom Eugenio Arellano Fernández, comentando sobre os novos regulamentos apresentados pelo Conselho Nacional de Substâncias Psicotrópicas (Consep).
Segundo Dom Arellano, esse tipo de ação vai levar à descriminalização das drogas, representando um grande perigo para os jovens, porque os adolescentes, infelizmente, não buscam refúgio na família, mas em outros lugares, como nas ruas e gangues. "A normativa lançada, desta forma, não é uma grande ajuda, agora temos de alertar todos, especialmente através das escolas, sobre os efeitos negativos de substâncias psicotrópicas", disse Dom Arellano.
Na nota enviada à Fides por uma fonte local, ficamos sabendo que a comunidade nacional está dividida sobre o assunto.
Segundo aqueles que apoiam a nova legislação do governo, esta disposição evitará encher as prisões de jovens usuários de drogas que deverão procurar tratamento no âmbito clínico-sanitário. Aqueles que se opõem ao uso de drogas argumentam que a legislação vai levar ao aumento indiscriminado do tráfico de drogas.
O novo regulamento estabelece limites máximos para a posse e o consumo pessoal de drogas, para não criminalizar o uso de drogas. Os novos limites são os seguintes: até 10 gramas de maconha, 2 gramas de pasta base de cocaína, 1 grama de cloridrato de cocaína, 0,1 gramas de heroína, 0,015 de metilendioxifenetilamina, 0,015 de êxtase e 0,040 de anfetaminas. (CE) (Agência Fides, 10/07/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network