http://www.fides.org

News

2013-07-09

AMÉRICA/VENEZUELA - Diálogo positivo entre Igreja e governo, os Bispos pedem anistia para os prisioneiros políticos

Caracas (Agência Fides) – Na abertura da centésima Assembleia Ordinária da Conferência Episcopal Venezuelana esteve presente o Ministro do Interior e da Justiça, Miguel Rodriguez Torres, com o qual os Bispos enfrentaram o problema da insegurança na qual vive boa parte do país. A Igreja católica reiterou seu desejo de dar uma contribuição significativa ao "Plan Patria segura" e à missão "A Toda Vida Venezuela". O Presidente da Conferência Episcopal Venezuelana, Diego Rafael Padrón Sánchez, Arcebispo de Cumana, em nota enviada à Fides, disse que o encontro se realizou em clima tranquilo e cordial. “O encontro faz parte do diálogo que consideramos como apropriado entre o governo e a Igreja. Enfrentamos as questões da segurança, da restituição de armas ilegais, dos prisioneiros e dos exilados políticos. Também propusemos temas que nos dizem respeito diretamente, como por exemplo, a possibilidade de facilitar a entrada no país de sacerdotes, religiosos e missionários sem muitas complicações”, disse Dom Padrón. “Estamos certos de que houve progressos sobre a difícil questão dos prisioneiros políticos. Esperamos que este problema termine rapidamente, quem sabe através de uma anistia para o retorno de diversas pessoas”, acrescentou o Presidente da Conferência Episcopal Venezuelana. Durante a coletiva, os Bispos ressaltaram que os protestos das universidades são uma das questões que necessitam urgentemente de solução. Dom Baltazar Enrique Porras Cardozo, arcebispo de Merida, disse que “obrigatoriamente devemos ouvir” os pedidos dos estudantes, porque as universidades estão em situação de emergência. (CE) (Agência Fides, 09/07/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network