http://www.fides.org

News

2013-06-20

ÁSIA/PAQUISTÃO – Passos avante na justiça no caso de uma jovem cristã estuprada

Lahore (Agência Fides) – A Alta Corte de Lahore rejeitou o pedido de habeas corpus para o homem muçulmano acusado de agredir e estuprar Fouzia Bibi, a jovem cristã de 15 anos no distrito de Kasur, no Punjab. A jovem foi violentada em fevereiro de 2013 por dois homens muçulmanos, Shabir Ali e Sher Mohammed, trabalhadores na mesma empresa agrícola onde trabalha a família de Fouzia (veja Fides 7/2 e 12/2/2013). Depois da denúncia da família, Shabir Ali foi preso, mas a polícia tinha tentado concluir o caso, declarando-o inocente por falta de provas.
Como referido a Fides pelos advogados da jovem, o caso é emblemático de como são tratados pela polícia e considerados na sociedade os casos de violência contra minorias cristãs, de modo especial contra as mulheres. De fato, nos dias passados houve fortes pressões contra a família de Fouzia, também por parte de um agente da polícia amigo da família do acusado, a fim de retirar a denúncia (veja Fides 4/6/2013). O agente de polícia tinha até mesmo acusado de estupro um membro da família de Fouzia, como ato de intimidação transversal. O agente agora foi afastado e a falsa acusação, cancelada. Sugerido pelos advogados, o pai da jovem pediu a transferência do caso do tribunal local de Pattoki para a Alta Corte de Lahore, que deveria garantir maior imparcialidade.
Numa nota enviada a Fides, a associação cristã “Lead” (“Legal Evangelical Association Development”), que está acompanhando o caso, se declara “confiante que os culpados serão punidos pela lei e justiça será feita para uma família cristã inocente”. (PA) (Agência Fides 20/6/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network