http://www.fides.org

News

2013-06-04

ÁSIA/PAQUISTÃO – Pressões da polícia para salvar os estupradores de uma jovem cristã

Lahore (Agência Fides) – Setores do aparato da polícia se mobilizaram para salvar os violentadores da jovem cristã Fouzia Bibi, 15 anos, do distrito de Kasur, em Punjab, brutalmente estuprada por dois muçulmanos, Shabir Ali e Sher Mohammed, agricultores na mesma fazenda onde trabalha a família de Fouzia (veja Fides 7/2 e 12/2/2013). Fouzia Bibi foi sequestrada e repetidamente violentada. Depois da denúncia da família, Shabir Ali foi preso por violência (Sher Mohammed permanece livre), mas a polícia tentou encerrar o caso declarando-o inocente por falta de provas. Os advogados do homem, ainda detido, depositaram um pedido de caução à Alta Corte de Lahore para pedir a liberdade provisória. Entretanto, o primo de Fouzia Bibi, Ashiq Alam, que está ajudando a família de Fouzia no caso legal, foi por sua vez acusado falsamente de estupro, com a ajuda de alguns funcionários da polícia da cidade de Muridkey. Como informado à Fides pelo advogado cristão Mushtaq Gill, que está seguindo o caso, trata-se de um festo intimidador transversal, para levar o pai de Fouzia a retirar denúncia.
A violência sexual contra jovens cristãs é uma prática que atinge no Paquistão centenas de moças anualmente. Na condição geral de submissão das mulheres do país, as jovens cristãs são as mais vulneráveis e indefesas, pois pertencem às minorias religiosas. Como afirmam fontes da Fides, “quase sempre são consideradas mercadorias de poderosos muçulmanos” que dispõem delas ao seu prazer, frequentemente na impunidade. (PA) (Agência Fides 4/6/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network