http://www.fides.org

News

2013-06-03

ÁFRICA/NÍGER – Cerca de dez mortos no ataque à prisão de Niamey

Niamey (Agência Fides) – Pelo menos dez pessoas morreram no ataque à prisão de Niamey, no sábado, 1º de junho, durante o qual cerca de vinte detentos fugiram, dentre os quais perigosos jihaidistas. É o que afirma à Agência Fides uma fonte missionária da capital do Níger. “As autoridades locais falaram inicialmente de dois mortos, dentre os guardas carcerários e um dos atacantes, porque o que houve foi um ataque externo praticado por um grupo armado. Seus cúmplices, detidos no interior do cárcere, aproveitaram a confusão para se apropriar das armas dos guardas e fugir”, diz a nossa fonte. “Segundo o que me referiu um jornalista confiável que esteve no local, pelo menos 10 pessoas morreram com a explosão da granada”, diz a fonte da Fides.
“Estes são os efeitos da operação Serval em Mali, que levou os jihaidistas rumo aos países limítrofes de Mali”, continua a nossa fonte. Depois dos recentes atentados em Arlit e Agadez, agora é a capital, que pensava ser poupada, a ser atingida. “É a primeira vez, pelo menos em tempos recentes, que acontece uma coisa do gênero em Niamey e o povo agora tem medo e sente que a guerra combatida a milhares de km daqui é real”.
O missionário acrescenta que “foram reforçados os controles perto das embaixadas. Os carros são controlados com atenção pelos soldados em novos postos de controle espalhados ao longo das principais avenidas da capital”.
“Também em meio à comunidade cristã aumenta a preocupação, mesmo porque domingo, 9 de junho, haverá a cerimônia de consagração de Dom Djalwana Laurent Lompo, Bispo auxiliar de Niamey, primeiro nigerino a ser consagrado Bispo. Embora a cerimônia esteja prevista no ginásio de esportes, em meio a fortes medidas de segurança, o temor permanece”, conclui a nossa fonte. (L.M.) (Agência Fides 3/6/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network