http://www.fides.org

News

2013-05-27

AMÉRICA/HONDURAS – Gestações precoces e alto índice de mortalidade materna entre menores

Tegucigalpa (Agência Fides) – Os menores em Honduras são alvo de violência, exploração e abusos; carecem de assistência de saúde e de instrução, e são também vítimas de outras formas de violações de seus direitos. É o que declara um responsável da Rede de Instituições pelos Direitos da Infância (COIPRODEN) em comunicado recentemente divulgado. O direito à vida e à integridade pessoal das crianças, que sofrem maus-tratos físicos e agressões, são os mais violados em Honduras. Além disso, como destaca o COIPRODEN, registraram-se em 2012 no país cerca de 50 mil gestações de adolescentes, das quais mais de 2 mil terminaram em abortos, segundo dados oficiais. Trata-se do segundo país na América Latina em número de gestações, onde um terço dos partos se dá em menores de 19 anos, segundo um relatório “O estado da População Mundial 2012”. Aumentam as gestações precoces, 50% das quais são causadas por violências sofridas em meio à própria família. Também preocupa que 30% das mulheres grávidas em Honduras são menores de idade. O país registra um índice de 108 nascimentos a cada mil jovens de 15 a 19 anos, a Venezuela 101 e o Equador 100, superado pela Nicarágua, que registra 109. E ainda, de 8,3 milhões de habitantes, o índice de mortalidade materna em Honduras é de 100 para cada 100 mil nascidos vivos. (AP) (27/5/2013 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network