http://www.fides.org

News

2013-05-22

ÁSIA/JORDÂNIA – Marcha de oração pelos bispos sírios sequestrados. "Que o Onipotente conserve a estabilidade no Reino Hachemita"

Amã (Agência Fides) - Mais de duas mil pessoas atravessaram Amã ontem à noite com velas na mão para rezar pela libertação dos bispos e sacerdotes sequestrados na Síria e pedir o dom da paz em todo o Oriente Médio. A marcha de oração e silêncio partiu da Catedral greco-ortodoxa da Apresentação de Jesus no Templo e prosseguiu até a Igreja sírio-ortodoxa de Santo Efrém, passando diante da igreja católica de Santa Maria de Nazaré, no Vicariato Latino.
A marcha com velas, convocada um mês após o seqüestro de dois bispos de Aleppo – o metropolita sírio-ortodoxo Mar Gregorios Yohanna Ibrahim e o greco-ortodoxo Boulos al-Yazigi, sequestrados em 22 de abril - foi liderada por líderes e representantes de Igrejas e comunidades eclesiais presentes na Jordânia. Após a chegada na Catedral sírio-ortodoxa, o Arcebispo Maroun Laham - vigário patriarcal para a Jordânia do Patriarcado Latino de Jerusalém - leu uma declaração assinada por todos os bispos e chefes de Igrejas e comunidades eclesiais locais em que expressa a firme condenação dos sequestros que tomaram como vítimas "duas das mais importantes personalidades cristãs árabes do nosso tempo" e se reza "ao Senhor Onipotente para que traga a tranquilidade e estabilidade na Síria amada". Em seu apelo, os líderes cristãos também pediram "o respeito pelos lugares sagrados da Palestina, especialmente em Jerusalém Oriental", e pediram ao Todo-Poderoso para "abençoar o Reino Hachemita da Jordânia e conservar o dom da estabilidade, segurança e unidade nacional preciosa sob a liderança de Sua Majestade o Rei Abdullah II Ibn Al Hussein". "Rezamos para que a Jordânia não seja atormentada por conflitos que estão fazendo sofrer os povos dos países vizinhos", disse à Agência Fides o Arcebispo Maroun Lahham. (GV) (Agência Fides 22/5/2013).

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network