http://www.fides.org

News

2013-05-07

ÁFRICA/NIGÉRIA – Depois os atritos de Baga, os desalojados ainda estão sem casa

Baga (Agência Fides) – Milhares de moradores de Baga, no estado a nordeste de Borno, na Nigéria, se deslocaram por temor de novos confrontos entre o grupo radical islâmico Boko Haram e as tropas conjuntas Nigéria-Níger-Chade da Multi-National Task Force (MNJTF). Segundo dados da Cruz Vermelha nigeriana, nos atritos de 16 e 17 de abril 187 pessoas morreram, (os militares indicam que os mortos foram 37), dos quais 30 islâmicos, 6 civis e um soldado. Além disso, segundo as recentes imagens de satélite, difundidas pela Human Rights Watch (HRW), 2275 casas foram completamente destruídas por incêndios e outras 125 gravemente danificadas (veja Agência Fides 2/5/2013). Muitos habitantes culparam os soldados de ter incendiado as casas, mas os militares contestaram as acusações culpando BH. Com efeito, a área é um bastião BH e os funcionários militares acusaram os residentes do Estado de Borno de hospedar membros BH. Segundo HRW, os expoentes BH mataram muitos residentes do Estado de Borno, criando um clima de terror na área. O National Emergency Management Agency (NEMA) e a Cruz Vermelha chegaram a Baga 8 dias depois do incêndio porque tiveram que aguardar a autorização dos militares, que ainda consideravam a região perigosa demais para os agentes humanitários. Muitos habitantes ainda estão nos bosques, depois de abandonar suas casas em chamas. Temem novos combates. NEMA instituiu um refúgio provisório para 600 desabrigados. Atualmente, a maior parte dos habitantes de Baga vive de pesca e agricultura, visto que as sementes salvas foram devoradas pelas chamas. Na região semi-árida nordeste da Nigéria, a temporada das chuvas começa em maio e dura até setembro. (AP) (7/5/2013 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network