http://www.fides.org

News

2013-04-27

ÁFRICA/NIGÉRIA – Balanço de mais de 70 igrejas destruídas no Estado de Benue

Makurdi (Agência Fides) - É um balanço sombrio o emitido pela Igreja Católica no Estado de Benue, no centro da Nigéria: na crise social e religiosa que atravessa a região, mais de 70 igrejas foram destruídas, e milhares de fiéis, especialmente em aldeias remotas, estão sem um lugar de adoração. Isto foi relatado numa nota enviada à Agência Fides, por Felix Apine, Coordenador da Comissão "Justiça, Desenvolvimento e Paz" da Diocese de Makurdi, capital do Estado de Benue. A nota informa que 30 igrejas que se encontram na área de Gwer ocidental foram queimadas ou completamente destruídas, e os fiéis fugiram para outros vilarejos. Outras 40 estão foram destruídas na área de Guma. A destruição também toca em algumas escolas primárias e secundárias pertencentes à diocese, enquanto voluntários e catequistas estão patrulhando diferentes áreas, a fim de avaliar os danos.
O arcebispo protestante Yiman Orkwar, presidente da "Associação Cristã da Nigéria", confirmando a destruição de igrejas e escolas, disse que o balanço dos edifícios destruídos ainda pode subir. No estado de Benue, os criadores da etnia Fulani, majoritariamente muçulmanos, atacaram aldeias habitadas por agricultores da etnia Tiv étnicos, de maioria cristã.
Sobre a recente escalada de ataques dos Fulani contra agricultores Tiv, que fez mais de 30 mortos, o Arcebispo observou "com consternação a destruição de vidas e propriedades, feita por pastores Fulani e homens desconhecidos, com armamento sofisticado." O que está acontecendo com os cristãos "não são meros acidentes, mas é o resultado do trabalho de jihadistas Boko Haram e jihadistas Fulani", disse ele, convidando as instituições a defenderem a população. "Não se trata de confrontos – reiterou -, mas de verdadeiros ataques sofridos pelos agricultores ccristãos". (PA) (Agência Fides 27/4/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network