http://www.fides.org

News

2013-04-17

ÁFRICA/NIGÉRIA - “É possível conceder a anistia aos Boko Haram somente quando se arrependerem e indenizarem as vítimas”

Abuja (Agência Fides) - “Continuar exclusivamente no caminho da simples repressão não resolve o problema de Boko Haram. Ao contrário, piora as coisas. Assim, devemos pelo menos considerar a possibilidade de outro modo de agir. A anistia para Boko Haram deve ser levada em consideração apenas como uma opção para deter a violência. Em qualquer guerra, a um certo ponto, eles devem começar a falar e acredito que este momento chegou. É melhor falar do que atirar.
Em um recente pronunciamento (veja Fides 6/4/2013) eu disse claramente que não se pode falar de anistia sem que, em primeiro lugar, aqueles que são beneficiados reconheçam o mal que fizeram, e se arrependam. Em segundo lugar, estes devem estar prontos a reparar, em alguma maneira, o mal que fizeram, indenizando as vítimas. “Sem estas duas condições não se pode oferecer a anistia”.
Com esta declaração à Agência Fides, o Cardeal John Olorunfemi Onaiyekan, Arcebispo de Abuja, reafirma seu pensamento em relação à possibilidade de conceder a anistia aos membros da seita Boko Haram. (L.M.) (Agência Fides 17/4/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network