http://www.fides.org

News

2013-03-26

AMÉRICA/REP. DOMINICANA - Esperança para os habitantes dos bateye que vivem em condições de pobreza extrema

San Pedro de Macorís (Agência Fides) – Em meio aos canaviais, 70 km a leste de Santo Domingo, haitianos e dominicanos sobrevivem graças às ajudas humanitárias que chegam à maior parte deles. 10% dos habitantes da República Dominicana vivem em condições de extrema pobreza nos bateys, aldeias construídas com material recuperado em meio aos canaviais, aonde moram os trabalhadores haitianos com suas famílias. Em 16 províncias de San Pedro de Macorís e La Altagracia, no leste e em Bahoruco, a sudoeste, nos últimos 4 anos mais de 10 mil pessoas beneficiaram de um programa de ajudas conjunto entre a organização humanitária Save the Children e Mujeres en Desarrollo Dominicana (MUDE). O objetivo da iniciativa é melhorar as condições de vida nos bateye, dos pontos de vista sanitário, educativo, higiênico e habitacional. No total, segundo dados, foram construídas 776 moradias para 3.100 pessoas, 524 latrinas para 550 famílias e 13 escolas para 1.300 crianças. O programa foi patrocinado também por instituições estatais que cederam terrenos para edificar centros comunitários, que servirão também como refúgios em caso de emergência, latrinas, casas e árvores de fruta. (AP) (26/3/2013 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network