http://www.fides.org

News

2013-03-15

AMÉRICA/BRASIL - Quase 800.000 pessoas mortas com armas de fogo nos últimos 30 anos

Brasília (Agência Fides) – O Centro Brasileiro de Estudos latino-americanos (CeBeLa) e a Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais (FLACSO), apresentaram um estudo sobre as mortes por armas de fogo nas últimas décadas no Brasil.
O Novo mapa da violência 2013, intitulado “Pessoas mortas por armas de fogo”, revela que no Brasil, de 1980 a 2010, foram mortas com armas de fogo 799.226 pessoas, das quais 450.255 eram jovens de 15 a 29 anos.
“Um em cada três jovens mortos foi vítima de armas de fogo. Esta é a principal causa de morte entre os jovens”, disse o Presidente do CeBeLa, Jorge Werthin.
Segundo a pesquisa da CeBeLa e Flacso, o índice de mortalidade causado por armas de fogo no Brasil é o mais alto do mundo, superando países mais populosos como China e Índia, e é até mesmo mais alto das guerras das últimas sete décadas no resto do mundo, como a Guerra do Golfo e os conflitos nos territórios palestinas”.
Na América Latina, o Brasil está entre os cinco países mais violentos, atrás de El Salvador, Venezuela, Guatemala e Colômbia, que ocupam os quatro primeiros lugares. (CE) (Agência Fides, 15/03/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network