http://www.fides.org

News

2013-03-15

ÁFRICA/ZÂMBIA - “Por que assim tantas eleições parciais que privam os hospitais de seus fundos necessários?”

Lusaka (Agência Fides)- Novo apelo dos líderes religiosos da Zâmbia para deter a violência política relacionada à renovação parcial do Parlamento.
Como o precedente de 27 de fevereiro (veja Fides 28/2/2013), também este comunicado é assinado pelos responsáveis do Council of Churches na Zâmbia (CCZ), do Evangelical Fellowship of Zambia (EFZ) e da Zambia Episcopal Conference (ZEC).
O documento, enviado à Agência Fides, expressa uma crítica pelo “estranho fenômeno” do incremento das eleições antecipadas e parciais realizadas na Zâmbia nos últimos tempos. “Mesmo com o reconhecimento da lei que prevê eleições parciais para preencher uma cadeira vacante no Parlamento ou no governo local, nos perguntamos se essas votações sejam válidas e legítimas”, afirmam os líderes religiosos, que acrescentam: “Por que os nossos líderes estão sempre prontos a desperdiçar imensas quantias de dinheiro nas campanhas eleitorais enquanto os nossos hospitais estão sem funcionários, sem aparelhos e sem remédios? Demasiados hospitais, escolas e outros centros de serviços não podem oferecer uma assistência de qualidade por falta de fundos. Isso acontece porque esses últimos estão subordinados a prioridades errôneas, enquanto todos parecem estar preocupados com as eleições parciais”.
Os líderes religiosos se dirigem a todos (desde as autoridades do Estado até a polícia, dos representantes dos meios de comunicação aos cidadãos comuns) para que evitem a violência e a tentação de corrupção e ajudem a superar as diferenças políticas através do diálogo. (L.M.) (Agência Fides 15/3/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network