http://www.fides.org

News

2013-03-11

ÁFRICA/EGITO – O novo Patriarca copta-católico toma posse enquanto em Roma se celebra a Missa Pro Eligendo Pontifice. Cardeal Naguib: coincidência providencial

Roma (Agência Fides) - Depois de transcorrer alguns dias em retiro espiritual, Sua Beatitude Ibrahim Isaac Sidrak, eleito em 15 de janeiro passado Patriarca de Alexandria dos Coptas católicos, deve agora tomar posse oficialmente de sua Sede Patriarcal. A liturgia de entronização está programada para amanhã, terça, 12 de março, na catedral copta-católica da Beata Virgem, em Madinat Nasr, distrito do Cairo. O início da cerimônia está previsto para as 11h, horário local. No mesmo momento, em Roma, começará na Basílica de São Pedro a Santa Missa Pro Eligendo Romano Pontefice presidida pelo Cardeal Angelo Sodano, Decano do Colégio cardinalício.
Estará presente na Missa também o Cardeal egípcio Antonios Naguib, Patriarca emérito de Alexandria dos coptas católicos, que em janeiro passado teve que renunciar ao exercício de seu ministério patriarcal por razões de saúde. A singular sincronia com que serão celebradas a Missa Pro Eligendo Romano Pontefice em Roma e a entronização patriarcal no Cairo, representa, para o Cardeal Naguib um sinal eloquente e sugestivo do mistério de comunhão que envolve toda a Igreja. “Esta providencial coincidência”, confia o cardeal Naguib à Agência Fides – nos faz sentir que o Senhor zela pela Sua Igreja. Aquela hora, as orações pela escolha do novo Papa e pelo início do ministério do novo Patriarca copta-católico se unirão e se elevarão juntas ao Senhor todo-poderoso, que nos fará sentir todos em união com Jesus, na comunhão universal que abraça a Igreja universal e que se reflete também nos cardeais vindos a Roma de todo o mundo para participar do Conclave em oração, confiança, esperança e na coragem do Espírito Santo. “Durante a Missa no Cairo”, continua o Cardeal Naguib, “haverá intenções de oração pela eleição do novo Papa. Enquanto em São Pedro, eu rezarei também por toda a Igreja que está no Egito e pelo início do ofício patriarcal de Sua Beatitude Ibrahim Sidrak”.
O Cardeal Naguib, como patriarca emérito, deveria presidir a missa de entronização do seu sucessor se não tivesse vindo a Roma para o Conclave. “De toda forma, estarei unido a todos na oração”, revela à Fides o cardeal egípcio, “e quando voltarei ao Cairo, poderei levar também ao Patriarca copta-ortodoxo, Tawadros II, a fraterna saudação do novo Bispo de Roma”. (GV) (Agência Fides 11/3/2013).

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network