http://www.fides.org

Asia

2013-02-19

ÁSIA/JORDÂNIA - O diretor da Caritas: A visita do Cardeal Sarah mostra a solicitude de toda a Igreja com os refugiados sírios

Amã (Agência Fides) – “Somente na Jordânia, os refugiados da Síria são 380 mil e continuam a aumentar dia a dia. A visita do Cardeal Robert Sarah testemunha a solicitude de toda a Igreja diante desta emergência humanitária que não podemos enfrentar somente com as nossas forças”. Assim o declara à Agência Fides Wael Suleiman, diretor da Caritas Jordânia, comentando a visita ao reino Hashemita do Cardeal Presidente do Pontifício Conselho Cor Unum. No dia de hoje, o Cardeal Sarah encontra duzentas famílias de refugiados sírios na paróquia católica latina de Zarqa. Amanhã, o Purpurado abrirá em Amã os trabalhos da assembléia anual do organismo regional de conexão entre as 17 agências nacionais Caritas do Oriente Médio e África do Norte (Caritas MONA), propondo algumas reflexões relativas ao Motu Proprio Intima Ecclesiae natura, documento pontifício sobre o serviço da caridade publicado no último dia 1º de dezembro.
Este ano, na cúpula das Caritas do Oriente Médio e do Norte da África, estarão presentes mais de 40 bispos, sacerdotes e responsáveis leigos e religiosos das diversas estruturas nacionais. Foi anunciada a participação no encontro do Bispo caldeu de Aleppo Antoine Audo, presidente da Caritas Síria, e do Bispo caldeu auxiliar de Bagdá, Shlemon Wardouni, presidente da Caritas Iraque. Amanhã à tarde, os trabalhos da Assembléia dedicarão atenção ao tema da emergência síria, tentando definir estratégias coordenadas ante as urgências humanitárias e assistenciais ligadas ao conflito. Amanhã está previsto também um encontro de todos os participantes da cúpula com o Rei Abdallah II da Jordânia. (GV) (Agência Fides 19/2/2013).

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network