http://www.fides.org

Africa

2013-02-19

ÁFRICA/NIGÉRIA - O governo nigeriano pronto a aceitar o cessar-fogo de Boko Haram

Abuja (Agência Fides)-O governo nigeriano está disposto a aceitar o cessar-fogo oferecido por Boko Haram e conceder uma anistia aos membros da seita se o seu líder, Sheikh Abubakar Shekau, renunciar publicamente à violência.
Foi o que afirmou o general (ref.) Sarkin-Yaki Bello, Coordenador Nacional do Centro Antiterrorismo. O alto oficial prometeu ainda um programa de reabilitação para os extremistas que depuserem as armas e afirmou que o governo está disposto a oferecer concessões aos pedidos apresentados por Boko Haram, como a libertação dos membros detidos, a reconstrução da sua mesquita destruída numa operação militar em Maiduguri em 2009 e a permissão aos membros da seita de praticar livremente o próprio credo religioso. O general depois afirmou que o governo pretende enfrentar o problema do alto índice de desemprego no norte do país (que favorece a recrutamento de jovens por parte da seita) e reformar o sistema escolar da área. O oficial acrescentou que Boko Haram não é mais somente um problema nigeriano, porque entre os seus membros há cidadãos de outros países africanos, como Chade e Camarões, e o seu arsenal foi reforçado com armas provenientes de depósitos líbicos.
Existiria um "cordão umbilical" que liga Boko Haram aos grupos jihadistas no norte do Mali. Em janeiro, um dos líderes do Boko Haram, Xeque Muhammed Abdulazeez Ibn Idris, tinha declarado que depois de ter sido consultado com a liderança da seita, estava pronto para um cessar-fogo (veja Fides 29/1/2013). Desde então, houve uma série de confrontos armados no norte da Nigéria que não foram, no entanto, reivindicados por Boko Haram, como geralmente acontece. (L.M.) (Agência Fides 19/2/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network