http://www.fides.org

Asia

2013-02-18

ÁSIA/SÍRIA - A Igreja não paga resgate pelos reféns, mas oferece orações

Aleppo (Agência Fides) - A Igreja síria, em todas as suas dimensões e comunidades, nunca pagou e jamais pagará resgates para os cristãos sequestrados. Os fiéis pedem à comunidade internacional um apoio para deter a prática desumana dos sequestros de cidadãos sírios e convidam seus irmãos cristãos de todo o mundo a oferecer orações e sacrifícios espirituais às vítimas. É o que informam à Agência Fides fontes críveis da Igreja católica na Síria, que especificam que as campanhas de “redenção” dos reféns (atualmente existem dois sacerdotes em mãos de bandos de sequestradores) têm natureza totalmente espiritual e não incluem coletas de verbas. Padre Alberto Barattero, dos Missionários do Verbo Encarnado, em nota enviada à Fides, destaca que os religiosos de sua fraternidade não atuam “coletando dinheiro” para os reféns, mas prosseguem no compromisso de solidariedade com as famílias cristãs e não cristãs que sofrem com a pobreza e foram desalojadas por causa do conflito. (PA) (Agência Fides 18/2/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network