http://www.fides.org

Africa

2013-02-18

ÁFRICA/TANZÂNIA - Assassinado sacerdote católico; "é o segundo padre atingido", afirma o Bispo de Zanzibar

Zanzibar (Agência Fides)- "Não sabemos o motivo pelo qual pe. Evarist foi assassinado, aguardamos os resultados da investigação da polícia", afirma à Agência Fides Dom Augustine Shao, Bispo de Zanzibar, onde ontem, domingo 17 de fevereiro, um sacerdote católico, pe. Evarist Mushi, 55 anos, foi assassinado.
"Pe. Evarist foi morto às 7h de ontem. Tinha acabado de chegar à catedral de São José de Zanzibar para celebrar a Missa. O sacerdote se preparava para sair de carro quando duas pessoas de moto se aproximaram dele. O passageiro da moto atirou três vezes enquanto ainda estava no carro", afirma Dom Shao.
O Bispo, enquanto aguarda o resultado da investigação para esclarecer o motivo do delito, pensa que a morte do sacerdote "deve estar relacionada com o que aconteceu antes. Nos dias passados, emergiram ameaças explícitas, publicadas nos jornais, de assassinar Bispos e sacerdotes. No Natal, outro sacerdote local, Ambrose Mkenda, ficou gravemente ferido numa emboscada (veja Fides 3/1/2013). Pe. Ambrose ainda está no hospital devido aos ferimentos. Além disso, no decorrer de 2012 três igrejas católicas de Zanzibar foram incendiadas e outras igrejas cristãs sofreram o mesmo destino".
"Não sabemos quanto é grande o grupo que tomaram os cristãos como alvos, mas certamente é um grupo forte", conclui o Bispo.
A polícia anunciou a prisão de três pessoas suspeitas de estarem envolvidas no homicídio do sacerdote. (L.M.) (Agência Fides 18/2/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network