http://www.fides.org

Asia

2013-02-12

ÁSIA/MIANMAR - O povo birmanês confia a pacificação do país à Virgem Maria

Nyaunglebin (Agência Fides) - A peregrinação de mais de 70 mil fiéis católicos e não católicos ao Santuário mariano de Nyaunglebin (o mais famoso em Mianmar), na festa de Nossa Senhora de Lourdes, foi uma oportunidade para confiar à Virgem Maria o delicado e decisivo tema da paz no país, disse o Arcebispo de Yangun, Dom Charles Maug Bo, na Santa Missa na conclusão da novena solene da festividade mariana em 11 de fevereiro, no Santuário, informou a Agência Fides. Nos dias que antecederam o evento, mais de 70 mil peregrinos provenientes de todo o país reuniram-se no local, oferecendo missas, orações e rosários.
O Arcebispo, falando para a multidão, lembrou a fidelidade de Maria e da fidelidade de Deus Pai, que "mantém as promessas feitas a seu povo". Referindo-se à atualidade de Mianmar, Dom Bo colocou ênfase no conflito em curso no país entre o exército governamental e os rebeldes kachin. "Desde 1948, ano da independência - disse ele - não teve um ano sem guerra. Devemos aprender que a guerra não resolve os problemas, mas aumenta o ódio e a destruição".
Por isso, continuou, "precisamos discutir, negociar e encontrar formas e meios para uma solução pacífica", enumerando as trágicas consequências do conflito em andamento: "Cadáveres, refugiados, falta de alimentos e segurança, falta de educação e o maior sofrimento de crianças e mulheres". É hora de "sentar à mesa, conversar, ouvir, construir a confiança", exortou o Arcebispo, recordando que "aqueles que têm mais poder têm grandes responsabilidades" e fazendo um apelo às partes em conflito para um cessar-fogo imediato. Por fim, Dom Bo lelmbrou que "se quisermos muar a nossa sociedade, o nosso país e nosso mundo, temos de começar a mudar a nós mesmos". (PA) (Agência Fides 12/2/2012)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network