http://www.fides.org

Asia

2013-01-15

ÁSIA/TERRA SANTA - Mensagem do Patriarca Twal em vista das eleições parlamentares na Jordânia: cidadão, vá às urnas

Jerusalém (Agência Fides) - O Patriarca de Jerusalém dos Latinos, Fouad Twal, dirigiu uma mensagem aos “queridos filhos” da Jordânia em vista das iminentes eleições parlamentares, programadas para 23 de janeiro. Na mensagem, enviada à Agência Fides, o Patriarca agradece ao Rei Abdallah II por ter garantido a todos os cidadãos a possibilidade de exercitar os direitos eleitorais sancionados pela Constituição, e recorda as palavras dirigidas pelo Rei Abdallah a Bento XVI em maio de 2009, durante a visita papal à Jordânia: "Os filhos do nosso povo, muçulmanos e cristãos, são cidadãos iguais diante da lei, e todos estão envolvidos na construção do nosso país".
O Patriarca define as eleições parlamentares como “uma ocasião preciosa” oferecida aos cidadãos jordanianos para exercitarem os próprios direitos e deveres no âmbito da própria "amada Pátria". Aquela Pátria que, depois da adoração dirigida ao único Deus, ocupa uma posição de primeiro plano, enquanto – nota Sua Beatitude – sua dedicação ao próprio país precede e garante a legítima tutela dos interesses individuais ou de grupo.
Dirigindo-se aos cristãos, o Patriarca Twal recorda que o próprio Cristo convidou seus discípulos a estarem “no mundo” como sal, luz e fermento. “Não existe contradição”, afirma o Patriarca latino de Jerusalém, “entre o culto dirigido a Deus e a pertença à própria Pátria".
Sua Beatitude Fouad Twal auspicia que as eleições levem ao Parlamento "pessoas retas diante de Deus e da própria consciência", de modo que a Assembleia parlamentar possa assumir-se as próprias responsabilidades inclusive em relação ao período de instabilidade vivida na área médio-oriental. Sobre os candidatos cristãos, o Patriarca os convida a servir o bem comum e os próprios irmãos “antes que a si mesmos”, fugindo de lógicas sectárias ou de clã. Deles se espera que ajam com o sentido de responsabilidade e com o amor "recomendado aos seguidores de Cristo", que representa o sinal distintivo da vida cristã "em todo tempo e em todo lugar".
Em sua mensagem, Sua Beatitude também cita um discurso de 1993, de seu predecessor, Michel Sabbah, junto com uma passagem do documento de trabalho para o Sínodo sobre o Oriente Médio (realizado no Vaticano em outubro de 2010), em que faz referência à contribuição positiva que os cristãos são sempre chamados a oferecer para o benefício da sociedade em que vivem.
Concluindo o seu apelo - que tem a data de 12 de janeiro – o Patriarca cita a Primeira Carta de São Paulo a Timóteo, com o convite a rezar "pelo o rei e por todos os que estão no poder para que possamos transcorrer uma vida calma e tranquila, com toda a piedade e dignidade". Sua Santidade eleva a Deus sua oração para que proteja "o amado reino" da Jordânia, e convida novamente os cidadãos jordanianos a participarem das próximas eleições.
A intervenção do Patriarca Twal - que nasceu em Madaba e pertence a uma família beduína de antiga tradição cristã - é uma declaração pública importante da legitimidade democrática das próximas eleições, boicotada pelas islâmicas. (GV) (Agência Fides 15/1/2013).

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network