http://www.fides.org

America

2013-01-14

AMÉRICA/REPÚBLICA DOMINICANA - Campanha contra o analfabetismo: a Igreja apóia a iniciativa em favor de 850 mil pessoas

Santo Domingo (Agência Fides) - Com um editorial dedicado à Campanha nacional de Alfabetização, publicado pelo "Camino", semanário católico nacional da Arquidiocese de Santo Domingo, a Igreja católica dominicana aplaude a iniciativa do governo que beneficia 850 mil pessoas. “Todo dominicano que ama sua pátria deve contribuir na vitória contra o analfabetismo” – escreve o editorial, que estimula os 50 mil voluntários que têm responsabilidade direta de acompanhar as pessoas interessadas aos 75 mil centros de formação espalhados em todo o território nacional. “Esperamos da Comunidade nacional dedicação total a esta nobre causa. Ninguém pode ficar de fora com pretextos políticos, pessoais ou qualquer outro motivo injustificado que impeça a realização desta missão tão importante e necessária” - explica o editorial.
Segundo a nota da Arquidiocese enviada à Agência Fides, a campanha começou no dia 7 de janeiro, no contexto das celebrações pelo bicentenário do nascimento de Juan Pablo Duarte, fundador da nação. De acordo com dados apurados pela Fides, o analfabetismo na República Dominicana atinge cerca de 25% da população, com uma diversidade entre a situação das cidades em relação às areas rurais e o sul do país. Na província de Elías Piña, por exemplo, 30.5% da população não sabe ler nem escrever. A região de Enriquillo (províncias de Independencia, Barahona, Baoruco e Pedernales) registra 14.7% de analfabetos. A capital, Santo Domingo, apresenta somente 5.3% de analfabetos. A evasão escolar é sempre mais frequente nas áreas rurais do que nas urbanas. A República Dominicana tem 9.445.281 habitantes, segundo dados do IX Censo Nacional de dezembro de 2010.
(CE) (Agência Fides 14/01/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network