AMÉRICA/MÉXICO - Novas agressões contra os migrantes no Chiapas: a denúncia dos católicos

Sábado, 12 Janeiro 2013

Ciudad Ixtepec (Agência Fides) – Nos primeiros dias de 2013, se registram novas agressões e violências contra os migrantes no Chiapas: é o que denuncia, através da Agência Fides, a "Casa del Migrante Hermanos en el Camino", estrutura católica de acolhimento e assistência, às vésperas do 99º Dia Mundial do Migrante e do Refugiado, que se celebra amanhã, 13 de janeiro de 2013, sobre o tema "Migrações: peregrinação de fé e de esperança". As comunidades católicas no México, respondendo ao convite do papa Bento XVI, reafirmam seu compromisso de trabalhar pelos migrantes, mas denunciam “situações graves”. Padre Alejandro Solalinde Guerra, responsável pela "Casa del Migrante", apresentará a denúncia às autoridades do Chiapas pelas novas violências contra os migrantes centro-americanos. Segundo a nota enviada a Fides, as agressões ocorreram em Coita, Arriaga e perto de Tapachula, no Chiapas, por obra da polícia e de outras pessoas.
"Como primeiro ponto – explica pe. Solalinde Guerra – é urgente deter os homicídios de mulheres, e organizar um movimento social para defendê-las. Além disso, é preciso reconhecer que, no passado, havia uma eliminação sistemática do migrante: nós não queremos justiça, mas queremos conhecer a verdade sobre as valas comuns de migrantes em estados como Veracruz. Queremos saber onde estão, quantos e quem são os desaparecidos".
No México, por ocasião do Dia Mundial do Migrante, muitas organizações assinaram uma declaração para pedir proteção aos direitos dos migrantes. Padre Solalinde Guerra recebeu em 2012 o prêmio nacional pelos Direitos Humanos. (CE) (Agência Fides, 12/01/2013)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network