AMÉRICA/MÉXICO - Preocupante situação de pobreza das crianças e dos adolescentes mexicanos

Quinta, 10 Janeiro 2013

Cidade do México (Agência Fides) – No México, ser menina, menino ou adolescente expõe ao risco da pobreza por causa das discriminações sofridas pela idade. Segundo as estimativas do CONEVAL-UNICEF (2010), no país 80% dos menores de 18 anos sofre de alguma carência. 53% de toda a população mexicana infantil e adolescente, o que corresponde a cerca de 20 milhões de pessoas, vive em condições de pobreza. O fenômeno é agravado pelo fato de que esses menores não são considerados cidadãos a todos os efeitos. A exclusão social diz respeito a milhões de meninos e meninas, e é especialmente alta nas faixas privadas de assistência familiar ou institucional. Entre eles, as meninas, indígenas, analfabetas, de rua, grávidas. No balanço anual de 2012, redigido pelas organizações da Rede para os Direitos da Infância no México (REDIM), emergiu que em 2012 as crianças e os adolescentes no México são 40.4 milhões. (AP) (10/1/2013 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network