http://www.fides.org

America

2013-01-08

AMÉRICA/VENEZUELA - A Igreja da Venezuela pede que “se respeite e se cumpra a Constituição”

Caracas (Agência Fides) – Na abertura dos trabalhos da 99ª Assembleia Ordinária da Conferência Episcopal da Venezuela (CEV), o Presidente da CEV, o Arcebispo de Cumaná, Dom Diego Rafael Padrón Sánchez, pediu a todos os venezuelanos que respeitem a Constituição, e aos representantes políticos que ajam segundo a Constituição para resolver a questão da posse no poder do Presidente. Em 10 de janeiro, o Presidente reeleito Hugo Chávez deveria prestar juramento diante do Tribunal supremo da justiça, com base no art. 231 da Constituição. Todavia, segundo agências, Chavez continua internado, doente de câncer, em Cuba, onde está desde 11 de dezembro passado, em “condições médicas estáveis” - segundo o Ministro das Comunicações venezuelano, Ernesto Villegas. Sobre esta última notícia, Dom Diego Padrón pediu ao Governo que diga ao povo da Venezuela toda a verdade.
Ante as diversas interpretações da Constituição propostas por grupos políticos neste momento histórico da Venezuela, em que o Presidente designado está gravemente doente e se encontra fora do país, o Presidente da CEV sublinhou que “mudar a Constituição para alcançar um objetivo político é moralmente inaceitável”. A nota enviada à Agência Fides descreve a situação complicada do país e a posição da Igreja, segundo as palavras de Dom Padrón: “O que o povo venezuelano deseja está claro: que os poderes públicos respeitem e sigam a Constituição, pois caso contrário, as Instituições perdem credibilidade e cairemos no caos, na violência e na anarquia”. A Assembleia Ordinária dos Bispos da Venezuela, iniciada ontem, 7 de janeiro, se encerrará sexta-feira, 11 de janeiro, e deve estudar e refletir sobre a situação eclesial e social que o país está vivendo. (CE) (Agência Fides, 08/01/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network