http://www.fides.org

America

2012-12-10

AMÉRICA/CHILE - Dom Quintana convida ao diálogo, mas recorda que ar e água limpos são um direito para todos

Freirina (Agência Fides) – O Bispo de Copiapó, Dom Gaspar Quintana, visitou a comunidade de Freirina depois dos confrontos que se verificaram entre a população e os seguranças da empresa Agrosuper, depois da permissão concedida à empresa de continuar as próprias atividades apesar dos protestos contra a poluição ambiental provocado por ela (veja Fides 07/12/2012). Dom Quintana lamentou a grave agressão ao líder Yahir Rojas, deu se apoio à família e criticou a falta de empenho das autoridades para resolver este conflito. "Lamento que nenhum representante do governo ou da empresa tenha se manifestado para responder às exigências da comunidade", disse o Bispo, que acrescentou: "Esperamos que as autoridades competentes se comprometam a realizar todos os esforços para facilitar o diálogo, ao qual contribuirão, com boa vontade, todas as partes interessadas".
No diálogo com a comunidade, Dom Quintana assim respondeu acerca da construção da central termoelétrica em Punta Alcalde, que aumentou a tensão da região (veja Fides 07/12/2012): "Está fora de dúvida que existe uma demanda energética na região de Atacama, e também no nosso país e no planeta, mas não nos podem obrigar a comprometer as vidas humanas ou os recursos naturais, que estão sempre a serviço do homem, e devem ser utilizados de modo responsável e com o sentido de futuro".
Na nota enviada à Agência Fides pela Conferência Episcopal Chilena, se lê que Dom Quintana recordou as palavras do Beato Papa João Paulo II sobre o cuidado do meio ambiente: "O ar puro e não poluído, a água limpa e abundante não são um dom, mas um direito humano de cada pessoa. É hoje um grito à humanidade com o qual devem fazer as contas, com aguda sensibilidade ética, os governantes, os empresários, os trabalhadores e toda a comunidade humana". Segundo fontes da Fides, a presença e as palavras do Bispo restabeleceram a calma entre a população, mas para todos o problema permanece ainda aberto. (CE) (Agência Fides, 10/12/2012)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network