http://www.fides.org

America

2012-12-10

AMÉRICA/BRASIL - Dom Pedro Casaldáliga novamente ameaçado por apoiar os índios Xavantes

Mato Grosso (Agência Fides) - Dom Pedro Casaldáliga, Bispo emérito da Prelazia de São Félix, foi obrigado a deixar o povoado de São Félix do Araguaia, no interior do Brasil, por causa do recrudescimento das ameaças, que recebe há anos, por seu trabalho em favor dos indígenas. Segundo a nota enviada à Agência Fides pela Conselho Indigenista Missionário (CIMI), as ameaças dobraram nas últimas semanas, muito provavelmente por causa da iminente decisão de um tribunal que, segundo fontes judiciárias, se expressará a favor dos índios Xavantes numa causa pela posse de um terreno perto de São Félix do Araguaia.
Segundo o CIMI, o anúncio da iminente sentença fez de modo que uma das pessoas mais ameaçadas pelos invasores das terras habitadas pelos Xavantes seja justamente Dom Casaldáliga, a quem querem dar a responsabilidade por este pronunciamento judiciário. O CIMI e outras organizações indígenas expressaram “plena solidariedade” ao Bispo, que “desde que mora em Araguaia trabalha em defesa dos interesses dos pobres, dos povos indígenas e dos operários".
Nascido na Catalunha (Espanha) 84 anos atrás, Dom Casadáliga chegou na Amazônia brasileira em 1968, depois de transcorrer sete anos como missionário na Guiné Equatorial. Os índios Xavantes sempre puderam contar com o seu apoio e com sua plena solidariedade. O CIMI é uma organização ligada aos Bispos brasileiros, que há pouco completou 40 anos a serviço dos grupos indígenas (veja Fides 22/11/2012). (CE) (Agência Fides, 10/12/2012)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network