http://www.fides.org

America

2012-12-01

AMÉRICA/PERU - Restaurada a "Capela Sistina da América" e inserida no percurso do barroco andino

Cuzco (Agência Fides) – Depois de uma restauração que durou quatro anos, a igreja de S. Pedro Apóstolo de Andahuaylillas em Cuzco, no Peru, hoje brilha em todo o seu esplendor e será a meta principal do itinerário chamado: o percurso do barroco andino. Trata-se de um itinerário que pretende impulsionar o desenvolvimento da região através do turismo. Segundo as informações enviadas à Agência Fides pela Cúria Geral dos Jesuítas, a igreja, construída em 1610, hoje faz jus ao nome que lhe atribuíram naquele período, o de "Capela Sistina da América". No dia da inauguração, foi executada a música Hanaq Pacha Kusikuynin, uma composição quechua polifônica do século XVII. Trata-se de um canto solene, coral, emocionante. Foi interpretado pelos jovens do distrito de Cuzco, com o acompanhamento da orquestra juvenil "Sinfonia do Peru".
O compositor do texto em quechua foi o jesuíta Pe. Juan Pérez de Bocanegra, primeiro pároco de Andahuaylillas, que idealizou também os ricos ornamentos da igreja para ajudar o trabalho de evangelização. A população indígena, segundo o seu pensamento, deveria sentir o temor de Deus e apreciar ao mesmo tempo a grandeza da sua divindade. A Companhia de Jesus, o World Monuments Fund e outras organizações lançaram o percurso do barroco andino, um itinerário através de igrejas dos séculos XVI e XVII, que tem início na igreja da Companhia em Cuzco, continua na província de Quispicanchis com a capela da Virgem da Candelária de Canincunca, a Igreja de São João Batista de Huaro e termina com a Igreja de São Pedro Apóstolo de Andahuaylillas. (SL) (Agência Fides 1/12/2012)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network