http://www.fides.org

America

2012-11-14

AMÉRICA/CUBA - Um "jornal" que conseguiu chegar onde a Igreja não chegava….por 50 anos

Havana (Agência Fides) – Ainda se fala, nas paróquias e entre os cubanos, da celebração de domingo, 4 de novembro, presidida pelo Cardeal Jaime Ortega, Arcebispo de Havana, pelos 50 anos da publicação "Vida Cristiana" dos Jesuítas, que é distribuída toda semana em cada paróquia de Cuba e em grande parte dos locais de encontro para as celebrações e a catequese onde não existe a paróquia ou uma capela. Segundo referiu uma fonte da Agência Fides em Cuba, o Cardeal Ortega na sua homilia destacou que "o ‘jornal’ foi uma presença importante da Igreja em todos os ambientes, de leste a oeste de Cuba, alcançando muitas vezes locais em que não chegava a presença da Igreja".
O Purpurado então falou da importância que esta experiência de comunicação teve, que de modo "humilde e perseverante" se tornou luz sobre Jesus Cristo para muitos cubanos durante cinco décadas. Traçou também um paralelo entre esta experiência e o "Jornal Católico de Bratislava", durante o período do comunismo na Eslováquia.
"Vida Cristiana" foi fundada em 1962 na paróquia do Espírito Santo, na cidade de S. Spiritus. No início se tratou somente de um boletim paroquial, mas logo se tornou a única publicação da Igreja Católica em Cuba por muitos anos. Consegue chegar todos os domingos a todas as comunidades da ilha, levando uma mensagem de fé, sugestões para a animação da liturgia dominical e notícias. Agora, é a publicação nacional da Igreja, enquanto é a única publicação para as 11 dioceses do país. É dirigida desde a sua fundação pelos padres jesuítas. Na concelebração pelos 50 anos de fundação, estavam presentes também Dom Juan de Dios Hernández SJ, Bispo Auxiliar de Havana, e Pe. Alberto García SJ, atual diretor de Vida Cristiana. (CE) (Agência Fides, 14/11/2012)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network