http://www.fides.org

Africa

2012-11-07

ÁFRICA/BURUNDI - Os Bispos saúdam o Acordo entre Burundi e Santa Sé assinado em 6 de novembro

Bujumbura (Agência Fides) - "Um acordo que garante a paz social e religiosa do país na medida em que a população católica e os seus Pastores veem suas exigências compreendidas e protegidas pelo Estado". Assim, os Bispos de Burundi saúdam, num comunicado enviado à Agência Fides, a assinatura do Acordo entre o Estado de Burundi e a Santa Sé. O acordo foi assinado em 6 de novembro pelo Ministro do Exterior de Burundi, Laurent Kavakure, e por Dom Franco Coppola, Núncia Apostólica em Burundi.
No Preâmbulo do Acordo, se recorda que a sua finalidade é oferecer um quadro jurídico para as relações entre Estado e Igreja de modo a favorecer uma “colaboração harmoniosa em benefício da população burundinesa". "Esta reveste uma grande importância e urgência num país que é o mais cristão da África, com mais de 65% dos fiéis católicos, e que foi o primeiro a ter uma representação da Santa Sé. Era o dia 11 de fevereiro de 1963", afirmam os Bispos.
Recordando que as relações entre Estado e Igreja sem sempre foram boas, o comunicado destaca que este acordo demonstra a vontade do governo de "querer progredir no processo democrático que se caracteriza, entre outras coisas, seja pelo respeito dos direitos humanos, seja dos parceiros como a Igreja Católica". Criando um quadro jurídico específico, afirmam os Bispos, o Estado permite a intervenção das “grandes Congregações religiosas que são, caso contrário, pouco encorajadas a investir em escolas, hospitais e outras atividades, numa país sem qualquer garantia de tutela legal de suas obras".
Burundi é um dos primeiros Estados africanos a assinar um acordo do gênero com a Santa Sé. O Acordo fornece o quadro jurídico na qual se inserirão acordos específicos entre Estado e Igreja em campos como educação, saúde, desenvolvimento e outros. (L.M.) (Agência Fides 7/11/2012)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network