ÁFRICA/NIGÉRIA - "Agradecemos ao Senhor porque no Centenário da chegada da Luz às nossas terras, entramos no Ano da Fé": os 100 anos da Província Eclesiástica de Owerri

Terça, 6 Novembro 2012

Abuja (Agência Fides) - "Os missionários chegaram pela primeira vez nesta região cerca de 100 anos atrás, por isso decidimos celebrar a chegada da Luz de Cristo, Luz de Salvação, à nossa terra", afirma à Agência Fides Dom Antony John Valentine Obinna, Arcebispo de Owerri, por ocasião do encerramento das celebrações para o Centenário de evangelização da homônima Província Eclesiástica, que serão presididas pelo Card. Fernando Filoni, Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos (veja Fides 5/11/2012).
Dom Obinna explica a Fides: "Os missionários que iniciaram a evangelização da nossa área pertenciam à Congregação do Espírito Santo (Espiritanos) provenientes de Alsazia-Lorena. Perto da II Guerra Mundial, chegaram diversos missionários irlandeses. Os missionários semearam bem, tanto é verdade que hoje a maior parte do clero é constituída por sacerdotes locais. O primeiro sacerdote local foi ordenado em 1937, seguido por outro em 1945. Neste ano do Centenário, ordenamos 24 sacerdotes, inclusive os religiosos da província".
Sobre a situação atual, o Arcebispo destaca que “os missionários estrangeiros na nossa Província Eclesiástica são poucos: temos alguns sacerdotes indianos da Congregação da Mãe de Deus e do Sagrado Coração, mais uma dezena de religiosas estrangeiras”. Dom Obinna, no entanto, ressalta a vitalidade missionária da Província Eclesiástica: "Temos vários de nossos sacerdotes em missão no exterior. Este ano, enviamos dois sacerdotes a Burkina Fasso. Não somente a Arquidiocese de Owerri, mas também as outras dioceses sufragâneas têm missionários no exterior, no Chade, Gana, Congo, Gabão, Namíbia, além de Europa e América. Amanhã, 7 de novembro, teremos um encontro para compartilhar as várias experiências missionárias com os nossos sacerdotes espalhados em todo o mundo".
Quanto às perspectivas da Igreja em Owerri, o Arcebispo afirma: "Acolhemos o convite do Santo Padre para a renovação da fé e, por isso, agradecemos ao Senhor porque no Centenário em que celebramos a chegada da Luz às nossas terras, entramos no Ano da Fé. Devemos, portanto, aprofundar a Fé, que é quase uma novidade para nós, porque somos ainda uma Igreja jovem. Ao mesmo tempo, estamos conscientes de viver num mundo globalizado, e temos também nós a tarefa de estender o Reino de Cristo a todos os lugares. Apesar do secularismo e do ateísmo veiculado pelo mundo atual, temos esse tesouro da Luz de Cristo que nos ajuda no nosso caminho, lutando contra os vícios promovidos pelo secularismo e pelo relativismo ético", conclui Dom Obinna. (L.M.) (Agência Fides 6/11/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network