ÁFRICA/NIGÉRIA - As violências na Nigéria: não somente Boko Haram, mas também banditismo

Segunda, 5 Novembro 2012

Abuja (Agência Fides) – A acusação contra um membro da polícia do Estado de Zamfara (norte da Nigéria) por furto de armas permitiu esclarecer uma série de assaltos a alguns vilarejos na área, precedentemente atribuídos aos extremistas islâmicos Boko Haram. O agente é acusado de subtrair da polícia estatal de Zamfara 15 fuzis de assalto AK 47 (Kalashnikov), além de munições. Segundo o jornal "Nigerian Tribune", as armas foram usadas no ataque ao vilarejo de Dogon Dawa, no Estado de Kaduna (ocorrido em outubro, no qual 20 pessoas morreram, inclusive o chefe do vilarejo), e no ataque da semana passada no vilarejo de Dansadau, no Estado de Zamfara. Os ataques, que não foram reivindicados (já que Boko Haram reivindica as próprias ações), foram cometidos por grupos especializados em roubos de animais, tanto é verdade que foi justamente um ladrão de gado a colocar a polícia no caminho justo, recuperando no mercado ilegal algumas das armas roubadas pelo policial infiel. Este fugiu e é procurado pelas autoridades. (L.M.) (Agência Fides 5/11/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network