ÁSIA/FILIPINAS - Ao cemitério via web: para os filipinos emigrados, uma "visita virtual" aos defuntos

Quarta, 31 Outubro 2012

Manila (Agência Fides) - Uma "visita virtual" via web ao cemitério, com orações pelos próprios mortos, a escuta de uma meditação e a possibilidade de deixar uma oferta: esta é a iniciativa lançada pelo Departamento de Comunicação Social da Conferência Episcopal das Filipinas, e dirigida principalmente aos filipinos emigrados para o exterior, por ocasião das festas de 1° e 2 de novembro, quando a Igreja local celebra a Festa de Todos os Santos e o Dia de Finados.
A iniciativa, explica a Fides o Departamento dos Bispos Filipinos dirigido por Dom Pedro Quitorio, nasce da consciência de que os trabalhadores filipinos no exterior são mais de oito milhões, e aumentam ano após ano. São, em sua maioria, católicos fervorosos e, entre outras coisas, constituem também um potencial de evangelização para as Igrejas nos países ocidentais e nos países árabes. As festividades dos primeiros dias de novembro são muito importantes para a população católica filipina e o fato de estarem longe da pátria e dos afetos familiares, não podendo visitar os próprios defuntos, representa um grande sofrimento para os emigrados. Por isso, os Bispos buscaram uma solução que, graças às novas tecnologias, pudesse ir ao encontro dessa exigência e "encurtar as distâncias". Daqui nasceu o site web www.undasonline.com ("Undas" é o termo em língua local para indicar as festividades de novembro), onde os fiéis no exterior podem realizar uma viagem virtual ao cemitério e visitar os túmulos de parentes e amigos, permanecendo em comunhão de oração com eles.
Referindo-se às festividades de Todos os Santos e de Finados, Dom Quitorio acrescenta que esses momentos não devem ser instrumentalizados pela campanha eleitoral de 2013, e convida os homens políticos filipinos a não explorá-los para obter vantagens: portanto, afirma o Diretor do Departamento, não seria oportuno fixar cartazes, faixas e materiais da campanha eleitoral nas proximidades dos cemitérios nem fazer campanha eleitoral nas igrejas. (PA) (Agência Fides 31/10/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network