ÁFRICA/QUÊNIA - Uma corte queniana absolve um missionário acusado de homicídio

Quarta, 31 Outubro 2012

Nairóbi (Agência Fides) - Padre Gerardo Bottarelli, missionário passionista, foi absolvido da acusação de homicídio pelo tribunal de Migori. O missionário foi acusado de participar da morte de um cidadão queniano, Polycarp Otieno, ocorrida na missão de Karungu, às margens do lago Vitória, no Quênia. O juiz, depois de ouvir vários testemunhos, reconheceu a inocência de pe. Bottarelli, que tinha sido acusado de atirar contra Otieno, matando-o. O fato remonta a 9 de agosto de 2008. O advogado do missionário pôde demonstrar que pe. Bottarelli tinha entregue uma arma a seu ajudante, Dickens Akech, para atirar contra um cão de rua, mas o tiro atingiu e matou Otieno. A corte então reconheceu que se tratou não de um delito, mas de um acidente, absolvendo plenamente o missionário. (L.M.) (Agência Fides 31/10/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network