http://www.fides.org

America

2012-10-29

AMÉRICA/GUATEMALA - O Conselho de Direitos Humanos da ONU pede à Guatemala para proteger os jornalistas

Genebra (Agência Fides) - Sete Estados representantes no Conselho de Direitos Humanos da ONU, incluindo o representante da Santa Sé, manifestaram preocupação com a situação de vulnerabilidade em que se encontram a imprensa e o direito à liberdade de expressão na Guatemala, convidando as autoridades a adotarem mecanismos de segurança para a proteção de jornalistas. Segundo uma nota do Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM) enviada à Agência Fides, a recomendação foi feita durante o encontro de Revisão Periódica Universal (UPR), organismo do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, que avalia a situação dos direitos humanos em todos os países. Na última quarta-feira, 24, foi tomada em consideração a Guatemala. O representante do Vaticano pediu ao Governo para garantir à população o acesso à informação, através de uma efetiva tutela dos jornalistas e dos meios de comunicação. A Santa Sé, por meio de seu representante, ressaltou que a imprensa guatemalteca está ameaçada pelas ações do crime organizado e pelo narcotráfico, e pediu às autoridades para organizar uma proteção especial. Nessa sessão, a Áustria manifestou preocupação com a impunidade dos casos de agressão e ameaça a jornalistas na Guatemala. A Noruega aconselhou uma reforma eficaz à Lei das Telecomunicações a fim de reconhecer legalmente as rádios comunitárias. Assim, os povos indígenas terão acesso aos meios de comunicação. (CE) (Agência Fides, 29/10/2012)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network