ÁSIA/FILIPINAS - "Não" à festa de Halloween nas escolas católicas

Sábado, 27 Outubro 2012

Manila (Agência Fides) - Nenhuma festa de Halloween nas escolas católicas: o convite a não "idolatrar o diabo e as práticas esotéricas" e a celebrar, ao invés, a Festa de Todos os Santos foi feito pela “Associação para a Educação católica das Filipinas”, que reúne todos os institutos educativos católicos do país. Numa nota enviada a todos os institutos e também à Agência Fides, pe. Greg Bañaga, presidente da Associação, recorda que todas as instituições católicas “têm o dever de defender a dignidade das pessoas mortas”, e não devem “celebrar a festa de Todos os Santos e de Finados com roupas ou ritos assustadores". Segundo a doutrina católica, afirma o presidente, a Festa de Todos os Santos (1o de novembro) é uma oportunidade dada a cada fiel para aprofundar a própria “vocação à santidade”, enquanto o dia 2 de novembro é “a ocasião para rezar e recordar no recolhimento todos os fiéis defuntos".
A Igreja filipina, em todas as suas componentes, manifestou fortes reservas e perplexidade pela difusão da festa e dos ritos de Halloween. Vários Bispos e sacerdotes estão particularmente preocupados pelos jovens e pelas crianças, que podem ser contagiados por “contra-valores” presentes nas práticas de Halloween, que tendem a valorizar o mal, os fantasmas, as bruxas e a magia. Por isso foi lançado o apelo, para impedir sua difusão nas escolas católicas.
Nas Filipinas a festa de Halloween chegou por motivos comerciais, graças aos meios de comunicação ocidentais e a dependência cultural dos Estados Unidos. No grande arquipélago filipino, adquiriu popularidade sobretudo em algumas áreas de Manila e das grandes cidades. (PA) (Agência Fides 27/10/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network