OCEANIA/ILHAS COOK - O Ano da Fé no Pacífico viaja por e-mail

Quinta, 4 Outubro 2012

Rarotonga (Agência Fides) - "O Ano da Fé é para nós, católicos do Pacífico, uma oportunidade tempestiva, de imenso valor, para aprofundar nossa fé. Nós o faremos através de seminários, conferências, programas de formação e catequese, em plena comunhão com a Igreja de Roma, mesmo estando do outro lado do mundo. Nós o faremos graças principalmente aos novos meios, como internet e e-mail": é o que declara à Agência Fides Dom Paul Donoghue, SM, Bispo de Rarotonga, nas Ilhas Cook, responsável das Missões na Conferência Episcopal das Ilhas do Pacífico. O Bispo informa que “cerca de 20 mil fiéis católicos das Cook amam o Santo Padre e estão prontos para seguir suas indicações vivendo o Ano da Fé, estudando e melhorando a própria formação”.
"As dificuldades e os desafios – explica – referem-se principalmente à enorme distância entre as ilhas do arquipélago e entre as própias comunidades, muito pequenas, espalhadas por milhares de km. Assim, na ilhota de Penrhyn, por exemplo, a 4h de avião de minha residência, vivem 70 católicos sem nenhum sacerdote. Um catequista de boa vontade, Alex, leva adiante a oração e a catequese. De vez em quando conseguimos enviar um padre para celebrar a Eucaristia. A chama da fé deve ser alimentada e mantida também nesta pequena comunidade”. “Ajuda-nos muito – conclui o Bispo – utilizar, para fins pastorais, as novas tecnologias da comunicação, que reduzem as distâncias: programas pastorais, discursos do Papa, pronunciamentos dos Bispos, viajam por e-mail e chegam às comunidades nos lugares mais remotos. Desta forma, cultiva-se a comunhão e nos sentimos mais próximos". (PA) (Agência Fides 4/10/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network