http://www.fides.org

America

2012-10-04

AMÉRICA/HAITI - Relatório ONU: ainda 400 mil vítimas do terremoto em acampamentos

Porto Príncipe (Agência Fides) - Quase 400 mil vítimas do terremoto de janeiro de 2010 no Haiti ainda vivem em acampamentos, sempre mais deteriorados devido à falta de recursos: o alarme emerge de um recente relatório das Nações Unidas apresentado ontem no Conselho de Segurança. Estas pessoas vivem em péssimas condições de saúde e são vulneráveis a riscos naturais, infecções agudas diarréicas e cólera, segundo o Secretário Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon. O relatório afirma que ainda devem ser removidos 30% dos 10 milhões de metros cúbicos de detritos derivados do terremoto de dois anos e meio atrás. A respeito da epidemia de cólera eclodida em outubro de 2010, o relatório aponta números como 7.440 mortos e 581.000 infectados. O documento admite ainda que dos 5.500 milhões de dólares de ajudas prometidas na conferência de março de 2010 nas Nações Unidas, recebeu-se pouco menos da metade (2.570 milhões). Dos 5.780 milhões de dólares provenientes de doadores bilaterais e multilaterais no período 2010-2012 para atividades humanitárias, apenas 10% (556 milhões de euros) foram entregues ao governo. O relatório do Secretário geral propõe, enfim, a retirada de parte dos militares e da polícia da Minustah (Missão de estabilização das Nações Unidas no Haiti. (CE) (Agência Fides, 04/10/2012)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network