http://www.fides.org

Africa

2012-10-04

ÁFRICA/MOÇAMBIQUE - Há 20 anos do acordo de paz, os Bispos pedem para reforçar a democracia

Maputo (Agência Fides) – Moçambique festeja hoje, 4 de outubro, os 20 anos do acordo de paz que colocou fim a quase 20 anos de guerra civil, que eclodiu depois da independência de Portugal.
Os Bispos locais, numa nota pastoral enviada à Agência Fides, intitulada "Construir a democracia para preservar a paz", recordam a contribuição dada pela Igreja para manter viva a esperança do povo, mesmo nos momentos mais duros da guerra, e os esforços para alcançar o acordo.
Depois de destacar os progressos obtidos por Moçambique nesses 20 anos de paz, os Bispos expressam suas preocupações sobre o estado da democracia no país. Lembra-se que o acordo assinado em Roma 20 anos atrás previa que os partidos políticos locais tivessem uma estrutura interna democrática e transparente. "Estamos, porém, diante do paradoxo de partidos que afirmam com palavras que são defensores da democracia, mas na prática, na sua conduta interna e ordinária, são autoritários", afirma a nota, que observa também que a persistência da "tendência em absolutizar os partidos políticos e o culto da personalidade dos próprios dirigentes não são suficientes para garantir a paz em Moçambique".
Além disso, os Bispos pedem que os chamados "Mega projetos" (programas de desenvolvimento econômico) levem em consideração as diversas problemáticas ambientais, sociais, econômicas, culturais e políticas. "Moçambique não é, e não pode se transformar, num supermercado", se afirma na nota, que conclui com um apelo para superar a pobreza, não somente econômica, mas também espiritual. (L.M.) (Agência Fides 4/10/2012)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network