http://www.fides.org

Asia

2012-09-28

ÁSIA/NEPAL - 21 paramédicos especializados para 30 milhões de habitantes; precisamos de mais ajuda nos meios de transporte dos hospitais

Kathmandu (Agência Fides) – Segundo as estimativas do Serviço de Ambulâncias do Nepal (NAS), no país, onde há 30 milhões de habitantes, existem apenas 21 paramédicos especializados e servem urgentemente serviços de suporte para ambulâncias. A Cruz Vermelha do Nepal (NRCS), que é a maior ONG do país, tem 168 ambulâncias mas nenhum paramédico, e apenas 35% dos motoristas desses veículos tem uma formação de pronto socorro. A maioria dos carros que circulam como ambulâncias são carros particulares, totalmente inadequados para o atendimento médico e sem equipamento necessário. A partir de uma pesquisa realizada pelo Patan Hospital emergiu que menos de 10% das pessoas que vão aos centros de saúde para intervenções de pronto socorro no vale de Katmandu chegam de ambulância, mais da metade utiliza táxi. Muitos dos que chegam com o carro da polícia, táxi ou ônibus sofrem traumas por causa do transporte. Em Katmandu, há cerca de 2 milhões de habitantes e apenas 21 ambulâncias oficialmente registradas, a maior parte delas de propriedade de ONGs locais. Em muitas áreas montanhosas, esses meios de transporte não existem, e apenas 2 ou 3 hospitais nas áreas mais inacessíveis do país dispõem de paramédicos qualificados dentro de sua equipe. Os pacientes geralmente morrem durante o transporte por causa da falta de pessoal adequado. O atual serviço de ambulâncias do Nepal não é capaz de administrar nem mesmo catástrofes naturais menores, muito menos o grande terremoto previsto no Vale de Katmandu. (AP) (28/09/2012 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network